BIKELOKO

A História do Mountain Bike Suas Regras e Curiosidades

O Mountain Bike geralmente é um esporte notado por se caracterizar sendo uma das variantes do ciclismo de estrada, mas que é praticada em trilhas de pedras, terra e outros solos diferentes. Vem tendo uma popularidade que só cresce como poucos esportes já conseguiram e atualmente já é praticado no mundo todo, desde com os profissionais como no Cross Country, ou somente com fins mais recreativos e para descoberta como no Cicloturismo.

A História do Mountain Bike

Essa modalidade do ciclismo apareceu por volta dos anos 50/60, quando um grupo de amigos ciclistas começou a andar em trilhas e descidas de montanhas da Califórnia. Não estamos falando aqui que ninguém nunca tinha andado com sua bicicleta fora da estrada antes, mas que apenas nesta época começou a obter um pouco mais impacto, aparecendo também alguma das primeiras mudanças nas bicicletas para se praticar essa modalidade.

As pessoas que mais se destacaram nesta modalidade considerados como os “pais” do Mountain Bike são Gary Fisher e Tom Ritchey, sendo eles os que foram os primeiros a começar fazer as bicicletas para Mountain Bike. De princípio começaram por fazer a utilização quadros Cruizer (mais vistos em Schwinn) e com um certo upgrade nos travões, utilizando também os pneus mais grossos. Hoje em dia os dois possuem as suas respetivas marcas próprias desse tipo de bicicletas para Mountain Bike, com isso se tornaram referências nesse meio.

bike na trilhaAs Principais Diferenças Entre o Ciclismo de Estrada e o Mountain Bike

A grande diferença que vários percebem é o tipo do solo, no ciclismo de estrada, todo o trajeto é realizado na estrada, sendo geralmente grande parte dela no asfalto, e no Mountain Bike, também pode ser que andem em estradas ou mesmo no asfalto mas vai ser sempre bem pouco.

Os trajetos de terra, descidas, lama, galhos, subidas, pedras, … são as coisas que marcam essa modalidade, uma outra diferença é a proteção mais intensa. Como no Mountain Bike, várias das etapas são a descer ou mesmo subir as trilhas de terra com muitos obstáculos, é necessário mais proteção para impedir lesões e feridas no caso de possíveis quedas, sendo que é bem mais provável do que no ciclismo de estrada.

As bicicletas tem também uma grande diferença com relação as de estrada (as de Mountain Bike possui mais variantes) elas tem as suas estruturas bem mais reforçadas, uma boa suspensão traseira ou então completa para melhorar a sua condução, travões mais fortes, entre diversas outras coisas…

As Modalidades do Mountain Bike

Há um número bem grande de modalidades nesse esporte, sendo que várias delas já estão regulamentadas e com provas organizadas para as mesmas. Vamos então conferir algumas das modalidades mais comuns e também populares:

cross countryCross Country: Essa modalidade é a mais antiga do Mountain Bike, e foi ela a que fez surgir toda a formação dessa modalidade. Como já falamos acima, as suas regras mudam bastante de prova para prova, e nas Olimpíadas ela possui as suas próprias regras.

Na maioria das vezes é realizado em um percurso fechado, onde os ciclistas todos largam no mesmo tempo e o trajeto é formado por descidas, subidas, partes que exigem mais técnicas e etc. Com isso, coloca a prova o atleta e ao mesmo tempo mostra o quão completo ele é, e vence o que conseguir chegar primeiro a chegada.

downhillDownhill: Como o seu nome já diz, a sua caraterística principal é ser realizada descendo colinas com vários saltos, algumas curvas fechadas e diversos tipos de obstáculos. Os ciclistas saem individualmente e só vai ganhar o que conseguir completar o trajeto no menor tempo. Esta modalidade é muito perigosa pela grande velocidade na descida e por isso tudo também se utiliza muito mais proteção como o capacete Full-Face, joelheiras e até mesmo uma espécie de colete reforçado para proteger o peito.

Não é muito praticada como as outras modalidades acima mesmo sendo bem popular especialmente devido ao seu alto custo para poder participar, isso por as bicicletas de Downhill são extremamente caras e depois é necessário muitos elementos para proteção também.

trip trialTrip Trial: Essa mistura é um pouco de lazer misturado com competição, com isso eu tenho que falar que não há profissionais apenas de Trip Trial, isso por que ele é praticado por ciclistas de todas as modalidades do Mountain Bike e mesmo até os amadores.

Ela se caracteriza por ter um longo trajeto, podendo até mesmo durar dias, e faz uma ligação de um ponto A ao B, essas provas geralmente são mais para comemorações fazendo uma ligação de uma cidade para a outra, é um tanto parecida com o ciclismo de estrada onde as pessoas podem olhar na beira da estrada ou então da trilha.

freerideFreeride: Essa é meio que uma versão mais recreativa do Downhill. Não é só para descer como acontece no Downhill mas possui também diversos obstáculos e saltos que geram muita adrenalina e um grande espetáculo. As bicicletas para fazer o Freeride são um pouco distintas das usadas para o Downhill. O Freeride pode ser realizado no meio de uma cidade, pelos parques, nas escadarias e algumas vezes em saltos montados temporariamente, que tem o nome de Urban Assault.

4X 4X: É muito parecido com a BMX, sendo realizada também com uma largada de 4 pontos, e tem como seu objetivo principal chegar na frente dos seus adversários a chegada. O trajeto possui curvas bem inclinadas como a sua caraterística principal.

Trial: Não é muito popular mas talvez você alguma vez já tenha visto passar na televisão, o Trial se baseia em realizar um determinado trajeto sem poder tocar com seus pés no chão, sendo sempre penalizado quando fizer isso, passando por vários obstáculos como cavaletes, rochas, latões, muros ou até mesmo carros.

As bicicletas para se fazer essa modalidade são bem especificas com algumas caraterísticas que é terem quadros bem reforçados e pequenos, os pneus mais reforçados e sem ter câmara, tudo para que possa aguentar melhor todos os impactos e conseguir mais aderência. Essa é uma variante muito técnica e que precisa ter uma boa perícia para que possa ser realizada.

Uphill: Bom, essa é basicamente a versão considerada a oposta ao Downhill, tendo que passar por subidas em várias trilhas e precisa ser feita no menor tempo que for possível. Para essa modalidade o ciclista precisa ter uma enorme capacidade física e também resistência, utilizando materiais bem leves para que possa ser mais fácil na subida.

Enduro de Regularidade: Esse é o mais interessante das modalidades por que ao contrário de grande parte dos esportes de corrida onde você precisa chegar em primeiro na chegada ou então completar o trajeto no menor tempo que conseguir, nele as provas já possuem um tempo para que sejam completadas que é definido pela organização, levando em conta o tempo estimado que é levado para se completar os diversos trechos do trajeto.

Por qualquer segundo que houver um atraso, o ciclista sempre é penalizado com -1 ponto, e ao mesmo tempo por cada segundo a mais ele é penalizado com -3 pontos. Essa modalidade sugere uma regularidade e não que atleta vá a toda a velocidade para a linha de chegada, tendo com isso um bom controle de toda a sua performance e uma excelente noção de tempo.

bmxBMX: A última das modalidades competitivas do Mountain Bike é o BMX. Como já foi dito, hoje em dia já é até mesmo uma modalidade Olímpica, na qual é muito popular e chama a atenção todo o tipo de pessoas, já que geralmente é realizada em um percurso já pré-determinado (em uma pista) com vários saltos e curvas que fazem com que o público goste e aprecie bem mais o esporte.

Os Equipamentos

Só um conselho que alguns desses equipamentos podem mudar entre as modalidades do Mountain Bike, vamos ver então alguns dos equipamentos para proteção que são mais comuns:

O Capacete: Bom, esse é um equipamento fundamental para a nossa proteção e precisa ser sempre utilizado. Há hoje em dia dois tipos de capacete. O mais simples que protege apenas o topo da nossa cabeça e o Full Face, que é igual ao utilizado no motocross que protege o queixo também, ele é utilizado em modalidades com mais perigo como o BMX ou Downhill;

equipamentos de segurançaAs Sapatilhas: Elas precisam ser apropriadas para se poder praticar o Mountain Bike e se encaixar muito bem nos pedais para que nunca possa ocorrer de escorregar e com isso provocar um acidente mais grave.

Os Óculos de Proteção: Como esse é um esporte geralmente praticado em trilhas com terra, é aconselhado que utilize os óculos de proteção para que não entre terra ou algum tipo de pedra nos seus olhos.

As Cotoveleiras e Joelheiras: Todos já sabemos para que eles servem e são somente opcionais mas é aconselhado o seu uso principalmente nas modalidades nas quais são feitas com várias descidas, curvas e saltos mais apertados, e com uma maior chance de quedas.

O Cicloturismo

cicloturismoNão é exatamente uma modalidade mais sim um bom estilo de vida. O Cicloturismo se baseia em andar com a bicicleta por trilhas e estradas de maneira a explorar e conhecer novos lugares. Há pessoas que aderiram mesmo esse bom estilo de vida e cruzam países de bicicleta para conhecer lugares novos, culturas e pessoas, divulgando também essa maneira de se locomover e de se viver.

Gostou deste artigo? Então acompanhe mais no www.bikeloko.com.br/dicas.

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *