BIKELOKO

10 Dicas para Melhorar sua Descida

Na internet encontramos muita informação sobre vários temas, como práticas para otimizar as subidas mas achamos pouco material dando dicas para aprimorar a descida. Pois realmente a maioria dos trilheiros e/ou estradeiros buscam se aperfeiçoar cada vez mais em resistência para maiores distâncias com maiores altimetrias, focando na busca da melhor performance nas subidas.

Mas deixam de lado os riscos das descidas, onde acabam acontecendo mais acidentes, acarretando ferimentos leves e em alguns casos até ferimentos graves. Com isso vamos falar neste artigo sobre 10 dicas para melhorar sua descida no Mountain bike, sugeridas por feras do Downhill, que é o estilo de ciclismo, especialista nestas técnicas.

 

Preparando a Bicicleta

 

Posição correta dos freios01 – Posição dos Controles (Cockpit) – Principalmente os freios, busque deixá-los no ângulo próximo de 45 º, levando em consideração que você está descendo, para não gerar muita pressão nos pulsos, deixando numa posição mais confortável. Tem ciclista que deixa os freios retos 90º, ficando com o pulso torto para cima, outros deixam muito para baixo, forçando os pulsos. A 45º a mão fica mais reta com o sentido do braço dando melhor apoio na postura do ciclista.

 

Canote Hidráulico02 – Posição do Selim – Para ter maior estabilidade na bicicleta temos que manter o Centro de Gravidade no meio. Na descida, você tem duas opções para fazer isto, existe uma tecnologia sobre os Canotes (Dropper Post) que ajusta de forma Hidráulica ou mecânica a altura do Selim. Devido o Ângulo da descida seu corpo tende a ir para frente, principalmente nas frenagens, tirando o centro da gravidade do meio da bicicleta, jogando para roda da frente, isto tira a estabilidade e gera possível acidente. A forma de corrigir isto é baixando o selim. Outra forma é você descer com seu corpo fora do selim, levemente flexionado para trás com as pernas fechadas firmando no Canote. Um efeito canivete, que deixa seu peso melhor distribuído no centro da bike.

 

Dicas de descida03 – Amortecedores – Neste quesito as Bikes “Full”, que possuem amortecedores na roda da frente e na trazeira da bicicleta, levam vantagem, pois absorvem melhor os impactos dos obstáculos, estabilizando mais rápido a bicicleta. Nas descidas trabalhe sempre com os amortecedores livres para amenizar possíveis Impactos, diferente das subidas que você trabalha com os amortecedores travados, para melhor aproveitamento do empuxo.

 

Preparando o Ciclista

 

Ciclista alongando04 – Alongamentos e Exercícios – É sempre bom ter uma rotina de alongamentos e flexões para manter seu corpo flexível, trabalhando como uma mola ajudando a manter os movimentos na descida.

 

Ciclista na descida05 – Equipamentos de Segurança – Estamos pontuando aqui várias dicas para você ter uma melhor descida, evitando qualquer acidente, mas caso ocorra, é melhor você também estar preparado. Três são primordiais:

– Luva para proteger o contato da mão com o chão na queda.

– Óculos para proteger os olhos de galhos, pontas, poeira, pedra, insetos.

– Capacete para proteger a cabeça, e no caso dos específicos para Down Hill mais agressivos, capacetes Completos (tipo de Moto) para proteger também pescoço e queixo contra impacto.

Outros componentes são roupas próprias (com elasticidade), e alguns casos Joelheiras e Cotoveleiras( De acordo com o grau de seu desafio).

 

Ciclista na descida

06 – Sapatilha – Apesar de muitos seguidores de DownHill não utilizarem, pois precisam movimentar de forma mais rápida os pés, ela trás um pouco mais de estabilidade nos solavancos(trepidação) na descida sobre os obstáculos.

 

Táticas para Melhorar a sua Descida

 

Amigos na descida07 – Veja, Aprenda – Observe seus amigos que já tem boa prática na descida, aprenda com os movimentos deles. Comece a descer mais devagar, treinando aos poucos os movimentos e aumentando a velocidade (usando menos os freios e mais os movimentos). Claro que sempre mantendo um ritmo de segurança.

 

Visão na descida08 – Foco e Atenção – A hora de maior concentração no pedal é na descida, esqueça tudo o resto e foque sua atenção no trajeto, pratique a sua visão um pouco mais longa, para frente, antecipando a sua Linha de descida, já prevendo os movimentos para superar os obstáculos.

 

ciclista na descida09 – Abdômen Forte c/ Corpo Relaxado – Quanto mais ficamos duros e muito tensos em cima da bike, freiando muito, temos mais chance de provocar um acidente. Fique com abdômen Firme, mas com braços e pernas mais soltos, com baixa tensão, para acompanhar o melhor o movimento da bike, gerando uma extensão dos seus amortecedores.

10 – Prática Trás Confiança – Independente da trilha e do passeio, com tempo você perceberá que suas técnicas adquiridas estão prontas para superá-los de forma automática, sem muito esforço.

 

E aí está pronto para o próximo desafio? Não vê a hora de fazer a próxima descida para por em práticas às dicas colocadas aqui? Se você gostou deste artigo, nos ajude curtindo, e compartilhando com seus amigos. Deixe nos comentários ou entre em contato e sugira Temas para colocarmos em nosso próximo artigo, o nosso objetivo e falar de dicas que você precisa para aprimorar sua paixão de pedalar. Acompanhe aí mais dicas no www.bikeloko.com.br/dicas.

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *