BIKELOKO

4 Dicas para Praticar o Ciclismo com Segurança

O ciclismo é uma prática esportiva que envolve exercícios físicos, essas atividades podem ser realizadas de maneira relaxante, prazerosa ou intensa, a partir do pedalar em uma bicicleta. Para isso é necessário determinar uma meta, um percurso, ou seja, um objetivo a ser cumprido a fim de estimular essa prática.

Essa atividade também pode ser realizada em grupo e de forma divertida, envolvendo interação, companheirismo, confiança, relação social com os membros do grupo, estabelecendo um laço de família dentro do esporte.

Na saúde o ciclismo também é de grande ajuda, pois trabalha e desenvolve o sistema cardiovascular dos praticantes, aumenta a resistência do corpo, trabalha a musculatura dos membros, queima a gordura corporal de partes especificas como o abdômen, pernas, bumbum, entre outros.

Para incentivar a prática do ciclismo de forma segura, separamos para você as 4 dicas para praticar o ciclismo com segurança:

  1. Alongamento;
  2. Manutenção da bicicleta;
  3. Equipamentos de proteção;
  4. Equipamentos de sinalização.

Como iniciante você deverá iniciar no ciclismo gradativamente, realizando essa prática esportiva de maneira sutil para não acarretar em uma lesão futura. Por conta disso priorize sua segurança e sua saúde, desta forma enumeramos as 4 dicas do pedalar amigo por ordem de importância, com o intuito de desenvolver o ciclismo de modo seguro e coletivo. Então vamos a elas!

Dica 1 – Alongamento

exemplos de alongamentosAntes de qualquer atividade física é preciso realizar o alongamento do corpo. O alongamento consiste no ato ou efeito de alongar-se, ou seja, distender os músculos para melhorar sua flexibilidade.

Essa técnica é indicada com o intuito de estabelecer um aquecimento prévio do corpo antes de qualquer atividade física para evitar e prevenir quaisquer tipos de lesões.

Os alongamentos são exercícios direcionados ao aumento de flexibilidade dos músculos, dessa forma ele promove a elasticidade do músculo bem como sua agilidade. Dessa maneira possibilitando realizar o pedalar com rapidez, energia e vivacidade.

Por esse motivo você também não pode ficar de fora, que tal se alongar com as dicas básicas para um alongamento preciso, rápido e eficiente?

Sabia que a respiração também é um modo de preparação muscular? Ela esta diretamente envolvida a qualquer pratica esportiva. O ritmo da respiração que você estabelece em seus exercícios é responsável pelo desenvolvimento das atividades corporais.

Por isso respire fundo! Inspire e expire de forma lenta e profunda para relaxar o corpo e estabelecer seu ritmo ao pedalar.

Outra dica envolve o prolongamento da extensão do corpo, no qual você irá alongar os membros inferiores e superiores do seu corpo. Para isso é necessário que você se posicione bem, separe os pés paralelamente, de modo que eles estejam separados e proporcionem equilíbrio ao corpo, estando na posição correta agora é só alongar, não tem segredo!

Movimente os braços e as pernas esticando os membros até o ponto máximo que você conseguir para distender os músculos e flexioná-los. Não esqueça que o tronco, o pescoço, as mãos e os pés também fazem parte do corpo! Agora mãos a obra, está faltando pouco para começar a pedalada!

Dica 2 – Manutenção da bicicleta

imagem de homem limpando a bikeAgora que você já está alongado, vamos pedalar? Antes disso é necessário verificar a manutenção da bicicleta para prevenir acidentes e além de tudo não prejudicar seu percurso com algum eventual problema no meio do caminho. Siga a lista a seguir e evite dores de cabeça:

-Pneus: eles são responsáveis pelo movimento da bicicleta na estrada e precisam estar devidamente inflados e calibrados para uso, dependendo do tempo do pneu e desgaste do mesmo é preciso trocá-los;

Aro

Eles são responsáveis pela sustentação da roda da sua bicicleta. Mantenha-o sempre limpo, lubrificado para evitar oxidação e tome cuidado com a torção deles. Isso pode ocasionar o desequilíbrio e o desalinhamento da bicicleta;

Correia

Ela é a engrenagem mãe da bike e precisa de extremo cuidado. Graxas e óleos indicados manterão ela em perfeito funcionamento e evitará a oxidação e quebra de suas peças;

Pedal

Está ligado diretamente à correia e é a extensão do seu corpo. A partir dele seus membros inferiores depositarão força e movimento para ativar a locomoção da bicicleta. Para isso ele deve estar seguro, firme ao seu engate e em perfeitas condições;

Guidão

É a peça fundamental que possibilita a direção do veículo. Por esse motivo verifique sempre seu alinhamento para evitar acidentes na estrada;

Selim

O banco da bicicleta dá a sustentação para seu corpo se acomodar no veículo e a partir dele começar a brincadeira. Logo, procure o mais confortável para você.

Marcha

Algumas bicicletas possuem marchas! Elas possibilitam aliviar o peso do veículo nas subidas e dar peso nas descidas ou estradas planas para você adquiris mais velocidade. Mantenha-as sempre lubrificadas.

Vamos a ultima dica para por fim você começar a pratica o ciclismo.

Dica 3 – Equipamento de proteção

Equipamento de Segurança - 4 Dicas para Praticar o Ciclismo com SegurançaOs equipamentos de proteção no ciclismo são de extrema importância, eles salvam vidas e protege você de escoriações e lesões possíveis acometidas em um acidente. Por esse motivo, você também precisa se proteger para garantir sua segurança durante seu trajeto.

Dentre os equipamentos de proteção individual de ciclismo, estão listados abaixo os mais importante:

Óculos de proteção

O tipo de óculos de proteção dependerá da região onde você mora e das condições do ambiente. A visão é um dos sentidos do corpo humano que move sua perspectiva, ela é responsável por guiar sua direção e lhe avisar dos obstáculos presentes em seu horizonte.

Por isso é preciso muito cuidados com os olhos, ele é muito delicado e todo cuidado com ele é necessário.

Capacete

Esse é o equipamento principal e essencial na sua proteção. Ele irá proteger sua cabeça de possíveis baques. Ele também deve ter vários ajustes, como protetor de nuca que seja acolchoada e que possua um sistema bem ventilado.

Luva

Suas mãos sempre estarão em contato com o guidão. Esse contato pode gerar escoriações e calos se não protegidas com uma luva especifica para ciclismo, além de protegê-las caso aconteça algum acidente. Seu material precisa ser resistente, acolchoada e com um tecido funcional ventilado que mantenha suas mãos em uma temperatura normal ambiente.

Joelheira

Esse equipamento é opcional. É indicado para categorias de ciclismo com percursos mais intenso, como mountain bike, cross country, free ride, dentre outros estilos… Se você se enquadrar nessas categorias também irá precisar de roupas e calçados especiais.

Coxal compressor

Esse acessório é indicado para evitar possíveis lesões na coxa ou caso você já possua algum tipo de estiramento no músculo da coxa ele também é muito indicado.

Trajes

A roupa também faz parte dos acessórios de proteção. Utilize sempre roupas confortáveis e indicadas para cada região e categoria de ciclismo que você queira praticar. Para proteger os pés sempre se faz necessário a utilização de tênis.

Eles precisam ser adequados para pedalada, confortáveis, com uma sola aderente que não escorregue no pedal, é indicado tênis sem cadarços com fivelas com sistema de velcro, caso não possua amarre bem o cadarço para que eles não enrosquem no pedal e cause um acidente.

Agora é só pedalar!

Dica 4- Equipamentos de sinalização

farol e lanterna de bicicleta - 4 Dicas para Praticar o Ciclismo com SegurançaA sinalização é muito importante para você iniciar sua pedalada, eles fazem parte do sistema de sinais de trânsito e como a bicicleta é também é um veículo, nada mais adequado que ela possua todos indicadores de sinais necessários.

Eles auxiliarão na sinalização da sua bicicleta durante a noite, permitirão que os outros veículos mantenham-se em uma distância adequada, entre outras funções. Vamos a ela:

Campainha

É de extrema importância para o ciclista, comunica aos motoristas, motociclistas e pedestre em geral um alerta. A campainha deve ser instalada e posicionada no guidão da bicicleta.

Refletores

É responsável pela sinalização do ciclista na pista, na estrada… São de extrema importância para a sua segurança. Eles devem ser fixados o mais baixo possível da bicicleta para refletir a luz que vem dos faróis de outros veículos no seu trajeto como carro, motos, etc. Os refletores indicados são:

Rodas

Fixados nas laterais das rodas, fazem parte da sinalização lateral.

Pedais

Fixados nos pedais tanto na parte frontal quanto posterior na traseira.

Gancheira traseira

Eles são aparafusados na parte traseira da bicicleta, sinalizando a parte posterior da sua bike.

Eixo da roda

As rodas possuem um garfo de pernas que as sustentam e envolvem sei eixo, neles também é indicada a sinalização de refletores, assim sinalizando as laterais da bicicleta.

Lanternas

Essas lanternas são lanternas especiais com luz própria e devem ser fixadas na traseira da bicicleta próxima ao canote, atrás do selim. É opcional e indicado também fixar a lanterna no capacete do ciclista e caso você utilize mochila nas suas pedaladas, pode ser fixado nela também.

Faroletes

Os faroletes ou faróis dianteiros também auxiliam na sinalização do ciclista e precisa ser fixado próximo do guidão de sua bike, entre ele e suspensão da roda dianteira, na ferradura que une as duas peças.

Espelho retrovisor

São indicados para que o ciclista tenha uma visão traseira do seu trajeto e visualize outros veículos que se aproximam.

Agora sim, você está pronto, seguro e preparado. Vamos pedalar! Caso ainda possua alguma dúvida em relação a qualquer item listado acima ou alguma sugestão, comente abaixo! Ficaremos lisonjeados em interagir contigo!

Se você gostou deste artigo, acompanhe nossas dicas no www.bikeloko.com.br/dicas.

Leia Também:

3 comentários sobre “4 Dicas para Praticar o Ciclismo com Segurança

  1. Marcelo Gonçalves Tavares

    Ótimas dicas.
    Como regular corretamente a altura do selim?

    Muito obrigado.

  2. ARLINDO MORALEZ

    UM BOM AJUSTE SE FAZ SEGUINDO ESTE CRITÉRIO.
    COLOQUE SUA BICICLETA EM PÉ NA POSIÇÃO VERTICAL, BEM RETA. ENCOSTE SEU QUADRIL PARALELO COM O SELIM, VERIFICANDO SUA ALTURA. O SELIM DEVE FICAR NA MESMA LINHA DO SEU QUADRIL , OU NA MESMA ALTURA , (AS DUAS PARTES SUPERIORES , SELIM E QUADRIL) FEITO ISTO REAPERTE BEM O SELIM, VERIFICANDO O POSICIONAMENTO. A PONTA FRONTAL DO SELIM, DEVE ESTAR SEGUINDO A MESMA LINHA DA AGULHA DO GUIDÃO.
    DEPOIS DE EXECUTAR ESTES AJUSTES , DEVE-SE VERIFICAR OUTRO DETALHE DO SELIM. MONTE EM SUA BIKE E DE UMA VOLTA COM ELA. VERIFIQUE SE A PONTA DO SELIM NÃO ESTA INCLINADO PARA CIMA OU PARA BAIXO. CABE CADA UM FAZER ESTE AJUSTE DE FORMA QUE O SELIM LHE TRANSMITA CONFORTO AO SENTAR NELE.

  3. Eliane Canedo

    Existem grupos de ciclistas que percorrem a orla da Lagoa Rodrigo de Freitas durante a semana? Gostaria de aderir a um grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *