BIKELOKO

Checklist do Ciclismo

O ciclismo é uma das maneiras mais fáceis de conseguir adequar exercícios físicos à sua rotina diária porque também é uma forma de transporte. A prática auxilia nos seguintes aspectos:

  • Economizar dinheiro;
  • Te deixa apto para atividades físicas;
  • E ainda ajuda o meio ambiente.

É uma modalidade de exercício de baixo impacto, por isso é menos prejudicial para suas articulações em relação à outras atividades aeróbicas de alto impacto como a corrida. Além disso, te ajuda a entrar em forma. Só até aqui já deu pra sentir o quanto essa prática faz bem, não é mesmo? Então continue acompanhando porque o que não faltam são motivos para se aliar a esse esporte.

A melhor maneira de construir sua aptidão cardiovascular na bicicleta é andar pelo menos 150 minutos por semana, ou algo em torno de 30 minutos diários. O que não é muito complicado.

Você pode utilizar a bicicleta para ir ao trabalho, por exemplo, alguns dias da semana ou fazer alguns passeios mais curtos durante a semana com um passeio mais longo aos fins de semana. Em breve, sentirá os benefícios de aposentar o carro ou meios de transporte público, além de logo no primeiro dia já se sentir mais disposto e revigorado. Seus colegas do trabalho ou familiares vão notar “de cara”. É revigorante!Ciclista indo trabalhar

Se você está apenas começando, confira nosso guia de ciclismo para iniciantes que preparamos como uma espécie de checklist para você seguir passo a passo, tirar dúvidas e em pouco tempo já estar apto para sair por aí pedalando.

8 dicas de segurança para ciclistas:

 

  1. Olhe sempre para trás antes de se virar, ultrapassar ou parar. Assim como em outros veículos, é importante estar atento à sua volta, ao trânsito e se certificar que está seguro para você e as pessoas à sua volta.
  2. Use os sinais de braço antes de girar para a direita e para a esquerda, como sinalização para os carros.
  3. Obedeça os semáforos e sinais de trânsito.
  4. Não ande na calçada, a menos que haja sinalização permitindo.
  5. Não circule ao lado de outras pessoas em estradas ocupadas ou estreitas.
  6. Ao ultrapassar carros estacionados, fique atento às portas. Muitas vezes acontece de abrirem de repente, o qeu pode causar acidentes.
  7. Não use fones de ouvido durante o ciclismo. Essa medida é para que fique atento aos possíveis sinais emitidos por outros motoristas.
  8. Nunca use aparelhos eletrônicos durante a pedalada.

Eventos

 

grupo de ciclistasExistem muitos grupos em redes sociais destinados a ciclistas com seções de recreação e viagens que podem oferecer informações e sugestões sobre tudo o que você precisa para praticar ciclismo de forma coletiva, seja um viajante de bicicleta, ciclista de montanha, urbano ou iniciante.

O Brasil possui um calendário oficial de competições de ciclismo e passeios, desde eventos de caridade até desafios de vários dias, dicas de treinamentos, manutenção e melhorias.

Nosso país ainda não conta com rotas pré-planejadas, mas você pode mapear as estradas e sair por conta própria com segurança e cuidado. Também pode participar de clubes na sua região e fazer passeios de bicicleta organizados. Procure no na web por grupos de ciclistas na sua região.

Se quiser transformar o seu hobby em algo mais competitivo, há cerca de 2.500 corridas registradas no nosso país a cada ano. Há todo tipo de corridas de bicicletas para escolher. Algumas dessas competições possuem sites oficiais basta procurar no google.

Equipamentos de segurança

 

equipamentos de segurançaUsar um capacete de ciclismo pode ajudar a prevenir uma lesão na cabeça se você cair ou ocorrer algum acidente mais grave.

É importante utilizar um equipamento que atenda aos seguintes critérios:

  • Preencha os padrão brasileiros ou internacionais de segurança.
  • Tenha ajuste para posicionar e prender diretamente na sua cabeça. Deve sentar-se logo acima de suas sobrancelhas, não inclinado para trás ou inclinado para frente.
  • É firmemente preso por tiras, que não são torcidas, com espaço suficiente para dois dedos entre o queixo e a alça.

Certifique-se de substituir seu capacete a cada cinco anos. Não compre de segunda mão, pois ele pode estar danificado e não será capaz de te proteger adequadamente.

Luzes e refletores

 

ciclista iluminadoSe for usar sua bicicleta à noite, é obrigatório ter:

  • luz dianteira branca;
  • luz traseira vermelha;
  • refletor traseiro vermelho;
  • refletores de pedais âmbar, amarelo frente e verso em cada pedal.

Os refletores instalados na frente e os raios também o ajudarão a ser visto.

Você pode obter luzes que estejam firmes ou piscando, ou uma mistura de firme na frente e piscando na parte de trás. Uma luz constante na frente é importante quando você está pedalando por áreas sem boa iluminação.

Verifique se qualquer luz estável possui a marca de registro ou da Anvisa. As luzes intermitentes não têm que atender ao padrão brasileiro, mas precisam de:

  • taxa de quatro flashes iguais por segundo e
  • pelo menos quatro candelas em brilho.

Os seus refletores de pedal e o refletor traseiro devem ser marcados com selo de autenticação. Você também pode usar luz ou refletor que atenda a padrão aceito por outro país do Mercosul ou internacional.

Luzes adicionais e refletores

 

Você pode usar outras luzes, bem como as obrigatórias, mas devem ser:

  • da cor certa, branco na frente, vermelho nas costas e
  • não pode afetar a visão de outros usuários da estrada.

Se estão piscando, devem estar a uma taxa de quatro flashes iguais por segundo.

Verificação da segurança na bicicleta

 

Faça as seguintes verificações na sua bicicleta regularmente para garantir que ela está em bom estado de funcionamento:

Pneu dianteiro e rodas

 

visualLevante a extremidade dianteira da bicicleta pela haste do guidom e depois:

  • Dê algumas batidas na roda com a mão para verificar se não está meio solta ou fora do eixo se movendo de um lado para o outro;
  • Verifique se a roda não se move de lado a lado quando você tenta balançar para garantir que os rolamentos não sejam usados;
  • Gire a roda dianteira, os freios não devem esfregar nas laterais das rodas;
  • Aperte os lados do pneu, os encha se necessário;
  • Procure lacunas, cortes ou protuberâncias nos pneus. São sinais de que estão desgastados e precisam ser substituídos.

Se você tiver paralamas dianteiro, deve haver pelo menos 5 mm entre ele e o pneu. Remova o paralamas se entrar em contato contra a ponta do seu sapato quando pedalar.

Levante a parte traseira da bicicleta pela sela e siga as mesmas verificações para as rodas traseiras.

Freios

 

Em relação aos freios dianteiro, verifique:

  • Se os freios funcionam. Tente empurrar a bicicleta para frente com os freios contraídos;
  • As pastilhas de freio se sentam uniformemente na roda. Não devem tocar em uma extremidade e não na outra;
  • Os cabos dentro das alavancas do freio não estão desgastados;
  • As alavancas de freio e as alças são apertadas no guidão, todas as porcas e parafusos estão presos e as extremidades do tubo do guidão estão cobertas.

Pressione o freio traseiro e siga as mesmas verificações. O pneu traseiro deve deslizar e não rolar quando você pressiona os freios e empurra a bicicleta para frente.

Guidão e direção

 

Todas as peças no guidão devem ser apertadas e você deve poder dirigir livremente. Solte os freios e fique na frente da roda dianteira e segure-o entre os joelhos.

Então, certifique-se de que nada está solto quando você tenta:

  • Girar o guidão de um lado para o outro.
  • Pressione os freios e tente girar o guidão.

Assento

 

Seu assento deve ser ajustado em uma altura que seja confortável para você. Coloque um calcanhar no pedal, sua perna deve endireitar-se quando o pedal estiver mais afastado do assento.

Certifique-se que não levantou o assento alto demais, só o suficiente para ver a marca de limite de altura no cano de encaixe. Se o assento precisa ser tão alto para você se sentar confortavelmente, você provavelmente precisa de uma bicicleta maior.

Mova-se para a parte traseira da bicicleta e segure firmemente o assento. Verifique se você não pode movê-lo para cima e para baixo ou para as laterais. Se ele se move, aperte-o.

Corrente, engrenagens e pedais

 

EngrenagensPeça a alguém que mova os pedais com as mãos enquanto segura a roda traseira do chão pelo acento. Então:

  • Deslize através de todas as engrenagens da roda traseira (uma pequena roda pela qual a corrente passa) e o trocador de engrenagem frontal para verificar se a corrente permanece na marcha e se move suavemente.
  • Balance cada pedal de um lado para o outro para verificar se eles não se movem demais, se o fizerem, os rolamentos no suporte inferior precisam ser substituídos.

Verifique se a corrente não está pendurada, quebrada ou enferrujada. Lubrifique a corrente com algum óleo, se necessário.

Com todas essas dicas você vai conseguir se divertir muito com a sua bike. Andar de bicicleta é uma daquelas coisas que dificilmente desaprendemos com o tempo e a sensação de liberdade ainda leva muitas pessoas a continuar com a modalidade mesmo nos dias conturbados da vida urbana.

Então pegue a sua bike e comece a se exercitar hoje mesmo!

Acompanhe novas dicas no www.bikeloko.com.br/dicas.

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *